guerra fria

Só mais um blog do Terra Blog

14 de junho de 2012

Conclusao

A Guerra Fria tem esse nome porque ela não aconteceu realmente,só ameaçou acontecer.O socialismo e o capitalismo sao rivais ; capitalismo-monopólio,dinheiro,bens próprios,autoritarismo.  socialismo-naçao,uniao,politica,divisao de bens,democrácia. A guerra Fria influenciou tambem em varias coisas,como os quadrinhos e cinema. A Guerra Fria começou a esfriar durante a década de 1980. Em 1989, a queda do muro de Berlim foi o ato simbólico que decretou o encerramento de décadas de disputas econômicas, ideológicas e militares entre o bloco capitalista, comandado por Estados Unidos e o socialista, dirigido pela União das Repúblicas Socialistas Soviéticas USSS). Na sequência deste fato, ocorreu a reunificação da Alemanha Ocidental e Oriental.

criado por lucilia.luzitano    13:09 — Arquivado em: Sem categoria

13 de junho de 2012

Influência da Guerra Fria

INDÚSTRIA CULTURAL E ESPORTES
• CINEMA = meio de expressão mais utilizado como propaganda ideológica no conflito entre comunismo e capitalismo durante a Guerra Fria;
• Bens de Consumo, os super-heróis e os líderes norte-americanos eram mostrados como símbolos do bem e da moralidade superior norte-americana;
• Estados Unidos = campanha anticomunista = produziram também histórias em quadrinhos, desenhos animados e seriados de televisão, explorando a oposição entre liberdade, representada pelo American Way of Life, e opressão, representada pelo dirigismo estatal soviético;
• Propaganda Soviética: denunciava os problemas sociais de muitos países capitalistas, como a fome, a violência e a mortalidade infantil, apresentando os sinais da decadência burguesa e do caráter anti-humano do capitalismo;
REALIDADE E FICÇÃO NAS TELAS
• Duas maiores agências de espionagem: KGB (Komitet Gosudarstveno Bezopasnosti – Comitê de Segurança do Estado) soviética e a CIA (Central Intelligence Agency) norte-americana = treinavam agentes para atividades de sabotagem e coleta de informações sigilosas;
• No cinema o tema “espionagem” se fez presente em vários filmes: Agente secreto James Bond, da série 007;
• Filmes de ficção científica: Solaris (Andrei Tarkovski -1971) e Guerra nas Estrelas (George Lucas -1977);
• Por meio do cinema, EUA e URSS procuravam influenciar os demais países do mundo. A Indústria cinematográfica norte-americana exercia uma influência muito mais sedutora e eficaz que a sua concorrente soviética.
ENFRENTAMENTO ESPORTIVO
• ESPORTE = foi utilizado com fim ideológico = nos campeonatos mundiais de xadrez e nos Jogos Olímpicos, onde a rivalidade entre o comunismo e o capitalismo ganhavam ares de guerra real;
• URSS = procurava demonstrar a superioridade do regime socialista incentivando esportes nos países do Pacto de Varsóvia. Assim, o desempenho espetacular das ginastas romenas ou dos nadadores da Alemanha Oriental enaltecia o regime soviético;
• POLÍTICA NAS OLIMPÍADAS = muitos atletas deixaram de competir nas Olimpíadas devido aos boicotes liderados pelas grandes potências;
PRINCIPAIS OLIMPÍADAS
• MONTREAL 1976 = ginasta romena Nádia Comaneci, de apenas 14 anos. Conseguiu 7 notas 10. A URSS foi superior no quadro de medalhas: 125 contra 94 dos EUA;
• MOSCOU 1980 = Estados Unidos e diversos países do bloco capitalista boicotaram as Olimpíadas em protesto contra a invasão soviética no Afeganistão, ocorrida no ano anterior;
• LOS ANGELES 1984 = em represália aos EUA, a URSS e outros 16 países da Europa Oriental boicotaram os jogos. Isso se deu por conta da invasão norte-americana na ilha de Granada, nas Antilhas, e pela instalação de mísseis americanos Persching2 na Europa.
ESTADO DE BEM ESTAR SOCIAL
• Reconstrução dos países europeus contou com a ajuda do Plano Marshall – elaborado pelos EUA;
• Estado de Bem Estar Social = compromisso do poder público com a educação, a saúde e os outros direitos sociais;
• Welfare State = foi estabelecido principalmente nos países da Europa Ocidental. Ele só se tornou possível graças à expansão do capitalismo e à intervenção do Estado na Economia, garantindo conquistas sociais à população;
• SEGURIDADE SOCIAL = John Maynard Keynes (1883-1946) – as políticas de bem estar social tiveram origem nas teorias desse economias inglês. Essas teorias atribuíam novos papéis ao Estado;
• No modelo keynesiano – o Estado aprofundava sua tarefa de administrador, impulsionava seus investimentos na produção e se comprometia com programas voltados ao desenvolvimento social.
INTERVENÇÃO DO ESTADO NA ECONOMIA
• O CONTROLE ESTATAL DA ECONOMIA ERA UMA FORMA DE EVITAR UMA NOVA CRISE DO CAPITALISMO, COMO OCORRERA EM 1929;
• Serviços Públicos = passaram a ser vistos como obrigação do Estado e direito do cidadão;
• Welfare State = serviu, também, para concretizar antigas reivindicações do movimento sindical, como a garantia de férias remuneradas e a licença maternidade;
• PRESSÕES: novas reivindicações surgiam:
o Sindicatos, partidos trabalhistas, organizações classistas;
o Movimentos de protestos de operários e estudantes, como o de maio de 1968 na França; luta de jovens universitários por reformas educacionais…
O SONHO ACABOU…
• 1973 = nova crise no sistema capitalista mundial, devido à alta nos preços internacionais do petróleo, provocou o recuo das conquistas do Estado de Bem Estar Social;
• 1980 = governo conservadores de Margareth Thatcher, no Reino Unido, e de Ronald Regan, nos EUA, renovaram o antigo modelo econômico do livre-mercado, tornando quase nula a intervenção do Estado na economia;
• O Welfare State foi substituído por outro modelo de Estado, o NEOLIBERAL, que transferiu para a iniciativa privada o gerenciamento dos serviços sociais;

criado por lucilia.luzitano    20:25 — Arquivado em: Sem categoria

Influência da Guerra fria

INDÚSTRIA CULTURAL E ESPORTES

• CINEMA = meio de expressão mais utilizado como propaganda ideológica no conflito entre comunismo e capitalismo durante a Guerra Fria;
• Bens de Consumo, os super-heróis e os líderes norte-americanos eram mostrados como símbolos do bem e da moralidade superior norte-americana;
• Estados Unidos = campanha anticomunista = produziram também histórias em quadrinhos, desenhos animados e seriados de televisão, explorando a oposição entre liberdade, representada pelo American Way of Life, e opressão, representada pelo dirigismo estatal soviético;
• Propaganda Soviética: denunciava os problemas sociais de muitos países capitalistas, como a fome, a violência e a mortalidade infantil, apresentando os sinais da decadência burguesa e do caráter anti-humano do capitalismo;

REALIDADE E FICÇÃO NAS TELAS

• Duas maiores agências de espionagem: KGB (Komitet Gosudarstveno Bezopasnosti – Comitê de Segurança do Estado) soviética e a CIA (Central Intelligence Agency) norte-americana = treinavam agentes para atividades de sabotagem e coleta de informações sigilosas;
• No cinema o tema “espionagem” se fez presente em vários filmes: Agente secreto James Bond, da série 007;
• Filmes de ficção científica: Solaris (Andrei Tarkovski -1971) e Guerra nas Estrelas (George Lucas -1977);
• Por meio do cinema, EUA e URSS procuravam influenciar os demais países do mundo. A Indústria cinematográfica norte-americana exercia uma influência muito mais sedutora e eficaz que a sua concorrente soviética.

ENFRENTAMENTO ESPORTIVO

• ESPORTE = foi utilizado com fim ideológico = nos campeonatos mundiais de xadrez e nos Jogos Olímpicos, onde a rivalidade entre o comunismo e o capitalismo ganhavam ares de guerra real;
• URSS = procurava demonstrar a superioridade do regime socialista incentivando esportes nos países do Pacto de Varsóvia. Assim, o desempenho espetacular das ginastas romenas ou dos nadadores da Alemanha Oriental enaltecia o regime soviético;
• POLÍTICA NAS OLIMPÍADAS = muitos atletas deixaram de competir nas Olimpíadas devido aos boicotes liderados pelas grandes potências;

PRINCIPAIS OLIMPÍADAS

• MONTREAL 1976 = ginasta romena Nádia Comaneci, de apenas 14 anos. Conseguiu 7 notas 10. A URSS foi superior no quadro de medalhas: 125 contra 94 dos EUA;
• MOSCOU 1980 = Estados Unidos e diversos países do bloco capitalista boicotaram as Olimpíadas em protesto contra a invasão soviética no Afeganistão, ocorrida no ano anterior;
• LOS ANGELES 1984 = em represália aos EUA, a URSS e outros 16 países da Europa Oriental boicotaram os jogos. Isso se deu por conta da invasão norte-americana na ilha de Granada, nas Antilhas, e pela instalação de mísseis americanos Persching2 na Europa.

ESTADO DE BEM ESTAR SOCIAL

• Reconstrução dos países europeus contou com a ajuda do Plano Marshall – elaborado pelos EUA;
• Estado de Bem Estar Social = compromisso do poder público com a educação, a saúde e os outros direitos sociais;
• Welfare State = foi estabelecido principalmente nos países da Europa Ocidental. Ele só se tornou possível graças à expansão do capitalismo e à intervenção do Estado na Economia, garantindo conquistas sociais à população;
• SEGURIDADE SOCIAL = John Maynard Keynes (1883-1946) – as políticas de bem estar social tiveram origem nas teorias desse economias inglês. Essas teorias atribuíam novos papéis ao Estado;
• No modelo keynesiano – o Estado aprofundava sua tarefa de administrador, impulsionava seus investimentos na produção e se comprometia com programas voltados ao desenvolvimento social.

INTERVENÇÃO DO ESTADO NA ECONOMIA

• O CONTROLE ESTATAL DA ECONOMIA ERA UMA FORMA DE EVITAR UMA NOVA CRISE DO CAPITALISMO, COMO OCORRERA EM 1929;
• Serviços Públicos = passaram a ser vistos como obrigação do Estado e direito do cidadão;
• Welfare State = serviu, também, para concretizar antigas reivindicações do movimento sindical, como a garantia de férias remuneradas e a licença maternidade;
• PRESSÕES: novas reivindicações surgiam:
o Sindicatos, partidos trabalhistas, organizações classistas;
o Movimentos de protestos de operários e estudantes, como o de maio de 1968 na França; luta de jovens universitários por reformas educacionais…

O SONHO ACABOU…

• 1973 = nova crise no sistema capitalista mundial, devido à alta nos preços internacionais do petróleo, provocou o recuo das conquistas do Estado de Bem Estar Social;
• 1980 = governo conservadores de Margareth Thatcher, no Reino Unido, e de Ronald Regan, nos EUA, renovaram o antigo modelo econômico do livre-mercado, tornando quase nula a intervenção do Estado na economia;
• O Welfare State foi substituído por outro modelo de Estado, o NEOLIBERAL, que transferiu para a iniciativa privada o gerenciamento dos serviços sociais;

criado por lucilia.luzitano    20:16 — Arquivado em: Sem categoria

11 de junho de 2012

Socialismo

Socialismo refere-se a qualquer uma das várias teorias de organização econômica advogando a propriedade pública ou coletiva e administração dos meios de produção e distribuição de bens e de uma sociedade caracterizada pela igualdade de oportunidades/meios para todos os indivíduos com um método mais igualitário de compensação[1]. O socialismo moderno surgiu no final do século XVIII tendo origem na classe intelectual e nos movimentos políticos da classe trabalhadora que criticavam os efeitos da industrialização e da sociedade sobre a propriedade privada. Karl Marx afirmava que o socialismo seria alcançado através da luta de classes e de uma revolução do proletariado, tornando-se a fase de transição do capitalismo para o comunismo[2][3].

A maioria dos socialistas possuem a opinião de que o capitalismo concentra injustamente a riqueza e o poder nas mãos de um pequeno segmento da sociedade que controla o capital e deriva a sua riqueza através da exploração, criando uma sociedade desigual, que não oferece oportunidades iguais para todos a fim de maximizar suas potencialidades.[4]

Friedrich Engels, um dos fundadores da teoria socialista moderna, e o socialista utópico Henri di Saint Simon defendem a criação de uma sociedade que permite a aplicação generalizada das tecnologias modernas de racionalização da atividade econômica, eliminando a anarquia na produção do capitalismo.[5][6] Isto irá permitir que a riqueza e o poder sejam distribuídos com base na quantidade de trabalho despendido na produção, embora não haja discordância entre os socialistas sobre como e em que medida isso poderia ser conseguido.

O socialismo não é uma filosofia concreta da doutrina fixa e programa; seus ramos defendem um certo grau de intervencionismo social e racionalização económica (geralmente sob a forma de planejamento econômico), às vezes opostos entre si. Uma característica de divisão do movimento socialista é a divisão entre reformistas e revolucionários sobre como uma economia socialista deveria ser estabelecida. Alguns socialistas defendem a nacionalização completa dos meios de produção, distribuição e troca, outros defendem o controle estatal do capital no âmbito de uma economia de mercado

FONTES:

http://pt.wikipedia.org/wiki/guerra_fria

google imagens

criado por lucilia.luzitano    22:28 — Arquivado em: Sem categoria

Olá, mundo!

Bem vindo ao Terra Blog. Este é o seu primeiro post. Você pode editá-lo ou excluí-lo. Boa diversão.

criado por lucilia.luzitano    21:46 — Arquivado em: Sem categoria

Capitalismo

O capitalismo é um sistema econômico em que os meios de produção e distribuição são de propriedade privada e com fins lucrativos; decisões sobre oferta, demanda, preço, distribuição e investimentos não são feitos pelo governo, os lucros são distribuídos para os proprietários que investem em empresas e os salários são pagos aos trabalhadores pelas empresas. É dominante no mundo ocidental desde o final do feudalismo.Alguns definem o capitalismo como um sistema onde todos os meios de produção são de propriedade privada, outros o definem como um sistema onde apenas a “maioria” dos meios de produção está em mãos privadas, enquanto outro grupo se refere a esta última definição como uma economia mista com tendência para o capitalismo. A propriedade privada no capitalismo implica o direito de controlar a propriedade, incluindo a determinação de como ela é usada, quem a usa, seja para vender ou alugar, e o direito à renda gerada pela propriedade. O capitalismo também se refere ao processo de acumulação de capital. Não há consenso sobre a definição exata do capitalismo, nem como o termo deve ser utilizado como categoria analítica. Há, no entanto, pouca controvérsia que a propriedade privada dos meios de produção, criação de produtos ou serviços com fins lucrativos num mercado, e preços e salários, são elementos característicos do capitalismo. Há uma variedade de casos históricos em que o termo capitalismo é aplicado, variando no tempo, geografia, política e cultura.As variantes do capitalismo são: o anarco-capitalismo, o capitalismo corporativo, o capitalismo de compadrio, o capitalismo financeiro, o capitalismo laissez-faire, capitalismo tardio, o neo-capitalismo, o pós-capitalismo, o capitalismo de estado, o capitalismo monopolista de Estado e o tecnocapitalismo.

FONTES:

http://pt.wikipedia.org/wiki/guerra_fria

criado por lucilia.luzitano    20:54 — Arquivado em: Sem categoria

O Que Foi A Guerra Fria

A guerra fria é a designação dada ao conflito político-ideológico entre os Estados Unidos (EUA), defensores do capitalismo, e a União Soviética (URSS), defensora de uma forma de socialismo, compreendendo o período entre o final da Segunda Guerra Mundial e a extinção da União Soviética.

É chamada de “fria” porque não houve qualquer combate físico, embora o mundo todo temesse a vinda de um novo combate mundial, por se tratarem de duas potências com grande arsenal de armas nucleares. Norte-americanos e soviéticos travaram uma luta ideológica, política e econômica durante esse período. Se um governo socialista era implantado em algum país do Terceiro Mundo, o governo norte-americano logo via aí uma ameaça a seus interesses; se um movimento popular combatesse uma ditadura militar apoiada pelos EUA, logo receberia apoio soviético.

criado por lucilia.luzitano    20:00 — Arquivado em: Sem categoria

O que foi a Guerra Fria?

A guerra fria é a designação dada ao conflito político-ideológico entre os Estados Unidos (EUA), defensores do capitalismo, e a União Soviética (URSS), defensora de uma forma de socialismo, compreendendo o período entre o final da Segunda Guerra Mundial e a extinção da União Soviética.

É chamada de “fria” porque não houve qualquer combate físico, embora o mundo todo temesse a vinda de um novo combate mundial, por se tratarem de duas potências com grande arsenal de armas nucleares. Norte-americanos e soviéticos travaram uma luta ideológica, política e econômica durante esse período. Se um governo socialista era implantado em algum país do Terceiro Mundo, o governo norte-americano logo via aí uma ameaça a seus interesses; se um movimento popular combatesse uma ditadura militar apoiada pelos EUA, logo receberia apoio soviético.

FONTES:

http:/pt.wikipedia.org/wiki/guerra fria

google imagens

criado por lucilia.luzitano    19:32 — Arquivado em: Sem categoria — Tags:,
Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://historiaguerrafria9a.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.